The Sisterhood of Night: sobre a amizade feminina adolescente


“We long to remain misterious, to evade definition.
Tell us you cried. Tell us everything.
Then we will forgive you.
But we do not wish to tell you everything.
This is our secret, hence our silence.
We plunge into secrecy, as into black smoke.
To desappear.”

tumblr_nplb7zOhAm1r3wptno1_500

Em uma pequena cidade do interior dos Estados Unidos, a adolescente Mary lidera um bando de garotas que se encontram no meio da floresta a noite. Emily não é convidada, fica com ciúmes e diz que elas são bruxas.

Sim, é a história de As Bruxas de Salem (lembram da Winona nesse filme?), mas também é o plot de The Sisterhood of Night (2014). A diferença é que Emily acusa as meninas em seu blog. Logo ela tem milhões de acessos e uma voz na comunidade. Mas as garotas que são acusadas de serem bruxas tem que arcar com o rumor de estarem adorando Satã e responder perguntas feitas por pais preocupados da pequena cidade. Nenhuma delas está disposta a falar. O pacto também é envolto em segredo. O que elas estão fazendo toda noite? Por que não estão falando? Em quem estão jogando feitiços? E por que não querem parar?

tumblr_nn4i1zyjCi1s6ponao10_250

Tanto Mary quanto Emily experienciam o poder de uma irmandade. Mary com as garotas excluídas que ela junta para se encontrem nos arredores da cidade. Emily com seu blog e garotas que acabam desabafando nos comentários.

O ódio e rivalidade entre meninas é algo tão cultuado em nossa sociedade. Por que tanto medo de garotas serem unidas com outras garotas? O que há de tão ameaçador nas amizades femininas para que sejam comparadas a cultos malignos?

tumblr_nt161qKXWo1t0lr7ko7_250

A verdade é que garotas precisam uma das outras. Elas se apoiam umas nas outras. Elas guardam segredos, e nunca os revelam.

Ser uma garota adolescente é um extremo na sociedade. É a coisa mais frágil e mais poderosa que alguém pode ser. Sozinha uma garota é considerada nada, mas juntas causam histeria. O poder de uma irmandade é temido. Não por estarem adorando demônios no meio de uma floresta. Mas porque ao se juntarem elas podem tudo. Coisas ruins, talvez. Mas quase sempre coisas boas.

Elas criam juntas e compartilham suas experiências. Suas vidas são mais completas com outras garotas. É o alívio de saber que outras estão passando pelo mesmo período, vivendo situações parecidas. É perceber que podem sonhar fazer e ser o que quiserem. É irmandade. É poder.

tumblr_nxcyovz29k1s6ponao10_400

 

Compartilhe:

silva.mariaraquel@gmail.com'

Sobre M. R.

Paulista de nascimento, paulistana de alma. Já foi escoteira e já teve Orkut. Na próxima segunda começa aquele curso novo que não vai terminar. Assiste seriados. Muitos.