Sobre conteúdo: uma reflexão no meio do VEDA


Texto: Lorena Pimentel // Foto: Catherine Addington

Então, para o mês de agosto, nós resolvemos fazer o VEDA. VEDA, para quem não sabe, é a sigla “Vlog Every Day in April/August”, movimento que já existe há muitos anos no youtube (existe, também, o BEDA, versão em texto) e consiste basicamente nisso: postar todos os dias.

Mas né, nós somos vários e a proposta acabou com duas diferenças básicas: só postaríamos nos dias úteis e alternaríamos as pessoas nos vídeos. Alguns temas em com um foram definidos, para criar fios narrativos (na primeira semana, por exemplo, falamos de nossa relação com o corpo) e separamos cada dia com pessoas específicas.

O interessante de tudo isso é que assim, é muito difícil alimentar (viu como juntei ao tema do mês? há!) uma plataforma tão variada e cheia de estilos diferentes como o youtube. Nós temos o canal há algum tempo, de forma despretensiosa, mas ter esse compromisso de postar com mais frequência e organizar pessoas diferentes em torno de temas em comum é um desafio a mais do que já fazemos aqui no site todo mês. Tem todo um processo em transformar vozes que estão acostumadas a fazer as coisas em forma de texto em pessoas que gravam vídeos.

O que também é o que torna o VEDA um projeto tão legal. É, é uma correria, mas também é uma oportunidade de ter diferentes pessoas da nossa equipe falando com vocês, é um jeito de explorar novos temas e trazer um conteúdo diferente esse mês. E esperamos que quem está acompanhando esteja gostando 🙂

Se você ainda não viu, vai lá ver. Tem a Gabi falando da Elena Ferrante, a Lu falando de ressaca literária e outras coisas mais, a playlist está aqui:

 

Até o fim do mês teremos vários outros vídeos com várias outras pessoas e esperamos ver vocês por lá.

Compartilhe:

Sobre Lorena Pimentel

Paulistana que preferia ter mar, entusiasta do entusiasmo, Grifinória com medo de cachorros, defensora de orelhas pra marcar livros, não gosta de açúcar, colecionadora de instagrams com fotos de bebês, oversharer no twitter (@buzzedwhispers) e uma eterna vontade de ter nascido Rory Gilmore.