Os sete números de um fandom


Texto: Ariel Carvalho

Se você entrasse no tumblr em meados de 2012 e fosse parte do fandom Klaine (Kurt e Blaine, de Glee, para quem não conhece), ia ver uma histeria em massa. Todo mundo – e eu quero dizer todo mundo mesmo – estava louco com as atualizações de uma coisinha chamada “Little Numbers”.

Com o título gentilmente emprestado da música do BOY, Little Numbers foi uma das maiores (se não a maior) fanfic do nosso fandom, e acompanhá-la foi extremamente interessante. A autora, conhecida como heartwolf ou iknowitainteasy, postava atualizações com uma frequência legal, e sempre avisava no seu tumblr quando estava prestes a postar. Resultado: uma porção de tumblrs de fãs de Klaine lendo o mesmo capítulo ao mesmo tempo, surtando juntas e comentando os melhores e piores momentos.

tumblr_m542ofmMzm1rtsvc9o1_1280

A premissa é bem simples: heartwolf, depois de assistir Mensagem Para Você (um dos melhores filmes da Nora Ephron), teve a ideia de escrever algo parecido para Klaine. Na sua fanfic, Blaine envia uma mensagem de texto para o número errado que, curiosamente, é o número de Kurt. Os dois começam a conversar, ficam amigos e…

A fanfic é toda contada através de mensagens e telefonemas, e às vezes me deixava com o coração na mão – principalmente quando tinha muita demora entre uma atualização e outra. Heartwolf é responsável por uma das minhas frases favoritas da vida: “você acha que é possível se apaixonar pela ideia de uma pessoa?”.

0001-tumblr_mbj85lpeGJ1ryxcjao1_500

Mas Little Numbers não ficou só no fandom Klaine. Que eu saiba, ela foi traduzida para várias línguas (ela foi postada originalmente em inglês, e heartwolf é alemã!), e também transcrita para outros fandoms: Rebelde, Stucky (sim, Steve e Bucky, da Marvel), e alguns outros, mas talvez a mais conhecida seja a Larry Stylinson.

Existe muita discussão se fanfics são ou não uma forma de literatura, e acho interessante analisar o poder que elas têm: Little Numbers, além das inúmeras traduções e adaptações, gerou um trailer, virou diversas fan arts, e fez várias fangirls irem a Nova York visitar os locais que Kurt e Blaine visitam na história.

A fanfic acabou (houve um rumor de que as editoras da Interlude Press chegaram a entrar em contato com a heartwolf, mas ela não quis publicar a fanfic), Glee também, mas Little Numbers segue em outros fandoms e vai ser, para sempre, minha melhor experiência tanto com fanfics quanto no fandom Klaine.

Compartilhe:

Sobre Ariel Carvalho

Ariel é uma lua de Urano, um espírito do ar, um sabão em pó, uma marca de carro e uma pequena sereia, mas também é uma bibliotecária carioca que não consegue terminar a meta de leitura, sabe tudo de Monty Python e chora com filmes de ficção científica.