‘Nada Dramática’, Dayse Dantas


   Autora: Dayse Dantas
   Editora: Gutenberg
   Nota: 4 estrelas

Nada Dramática é um livro nacional escrito pela Dayse Dantas. Este foi o seu livro de estreia e posso afirmar que já estou esperando por mais. Dayse, se você estiver lendo isso, ME DÊ MAIS LIVROS!! E gente, olha que capa maravilhosa. *-*

Conhecemos Camila Pinheiro, uma menina que está no terceiro ano do ensino médio de um dos colégios mais puxados e concorridos da sua cidade, Goiânia. Como a maior parte dos alunos que estão nessa vida da vida, o único objetivo de Camila é passar no vestibular com as melhores notas que alguém poderia ter. Camila também queria que seu terceiro ano fosse tranquilo, mas é claro que ela não poderia terminar o último ano do colégio sem um pouco de confusão. Tudo começou com seu melhor amigo e suas aventuras românticas. Depois disso, ela se viu no meio de revoluções escolares, dramas familiares e um romance totalmente inesperado.

Uma das coisas mais legais desse livro é o fato de se passar numa escola brasileira. Nós estamos acostumados a ler sempre como é o cotidiano nas high schools americanas e ver um livro que se passa no nosso país é simplesmente incrível. Para mim, outro ponto alto foi ter a história se passando em Goiânia, porque é diferente do tradicional eixo Rio de Janeiro-São Paulo.

Gostei também de como o livro mostra que é difícil escolher o que queremos ser quando ainda temos 16/17 anos. Algumas pessoas têm sorte e se encontram ainda novos, outras precisam de mais tempo para descobrir qual caminho querem seguir na vida. Eu, por exemplo, tinha certeza que queria ser diplomata. Quando paro e penso, não sei como isso passou pela minha cabeça.

focaNada Dramática me lembrou o meu terceiro ano. Eu também estudei em um dos melhores colégios da minha cidade, um daqueles que são 99% vestibular, 1% seu bem-estar. Nós tínhamos aulas no sábado, simulados e aulas extras à tarde. Se no meio da semana tivesse algum feriado, pode ter certeza que estaríamos na escola no final de semana para repor essa aula perdida. Lembro que no Orkut (sdds Orkut) alguns alunos criaram comunidades que iam contra esse comportamento do colégio. “Criei aversão ao *inserir nome do colégio*”. Eu, é claro, fazia parte de todas. Sem contar que, como eu sou uma ímã para dramas, meu último ano foi repleto de confusões e aventuras.

A escrita de Dayse é ótima e ela tem um senso de humor maravilhoso. Me peguei gargalhando durante várias partes do livro. Camila, nossa adorável personagem principal, é irônica, inteligente e tem muitos devaneios. É um pouco difícil não gostar dela. E por causa de seus devaneios, temos no meio da história os contos da Agente C, personagem criada por Camila para o seu blog.

Nada Dramática é um livro que vale a pena. Se você não gosta de literatura nacional, dê uma chance para essa história. Eu garanto que você vai se apaixonar, afinal, todos nós já passamos (ou talvez você ainda vá passar) por essa fase desesperadora de vestibular. E mesmo que você não tenha uma memória gostosa dessa época, Nada Dramática vai fazer você sentir saudades daquele tempo que ficou para trás… pelo menos enquanto você estiver lendo!

Compartilhe:

Sobre Rovena

Rovena é de Vitória, formada em Relações Internacionais e atualmente cursa Letras-Inglês. Gosta muito de ler e ouvir música enquanto escreve. Grifinória, feminista e especialista em tretas do blink-182. Está no twitter (@rovsn).