‘Mentirosos’, E. Lockhart


   Original: We Were Liars
   Autora: E. Lockhart
   Editora: Seguinte
   Nota: 5 estrelas

A primeira regra do ‘Mentirosos’ é esta: você não deve falar sobre o ‘Mentirosos’. E foi com essa premissa que eu entrei nesse mundo e saí de lá uma pessoa mais feliz.

Ok, isso é uma mentira, porque a verdade é que não tenho um coração inteiro. Apenas cacos.

Em ‘Mentirosos’, conhecemos Cady, uma menina de 17 anos que sofre com fortes dores de cabeça e transtorno de estresse pós-traumático, mas ela não sabe o motivo que ocasionou tudo isso. Ela tem memórias de uma noite, uma praia e um acidente, mas isso é tudo. E então, ela nos apresenta ao seu mundo. Cady é uma Sinclair. Os Sinclairs são ricos e passam suas férias de verão numa ilha particular no Cabo Cod é lá onde a história acontece. Conhecemos também sua família e o seu grupo de Mentirosos, formado por Johnny e Mirren (seus primos) e Gat.

Não posso falar nada além disso, mas posso falar sobre o que senti e vivi. Prometo que farei isso sem soltar spoilers.

Fiquei surpreendida com a escrita de E. Lockhart. Este foi o primeiro livro que li da moça e na primeira página eu já estava completamente viciada na leitura. Ela escreve de um jeito bastante simples, mas que te envolve e te leva para dentro do livro. Você não está observando, você está vivendo aquilo. Outra coisa que gostei muito foi a forma que ela usou as palavras para mostrar o que Cady estava sentindo, em vez de simplesmente contar.

Viver a ilha foi outra coisa que me tocou. Várias vezes tive momentos e sensações nostálgicas. Senti como se já estivesse passado naquela ilha da família Sinclair. Senti falta de uma coisa que nunca vivi, mas que mesmo assim aquecia o meu coração toda vez que eu pensava naquilo.

Ao longo da leitura é normal – e saudável – desenvolver diversas teorias sobre o que aconteceu. Se for possível, vá conversando com algum amigo que já tenha feito essa jornada, porque todo e qualquer apoio será necessário.

‘Mentirosos’ é envolvente e um dos melhores livros que li em 2014. Ele trata, com muita delicadeza, de um tema atual, forte e marcante. Vai ter choro no banho sim, além de uma pequena – talvez enorme, quem sabe – ressaca literária. Mas essas são sempre as melhores leituras, não é mesmo?

Compartilhe:

Sobre Rovena

Rovena é de Vitória, formada em Relações Internacionais e atualmente cursa Letras-Inglês. Gosta muito de ler e ouvir música enquanto escreve. Grifinória, feminista e especialista em tretas do blink-182. Está no twitter (@rovsn).