‘Marcelo no mundo real’, Francisco X. Stork


   Original: Marcelo in the Real World
   Autor: Francisco X. Stork
   Editora: Galera Record
   Nota: 5 estrelas

Marcelo é um garoto de dezessete anos quem tem síndrome de Asperger, uma forma de autismo. Marcelo estuda em uma escola especial para crianças e adolescentes com algum tipo de transtorno, mas seu pai, Arturo, deseja que ao começar o novo ano escolar Marcelo vá para uma escola normal. E ele também quer que Marcelo trabalhe em seu escritório de advocacia durante o verão e sobreviva ao mundo real. Os dois fazem um acordo: se Marcelo conseguir, ele pode continuar frequentando Paterson; caso contrário, ele deverá ir para Oak Ridge High. Ao entrar no mundo real, Marcelo descobre que as coisas não são como parecem e que às vezes é preciso decidir as coisas sozinho.

Antes de começar, gostaria de falar que eu não conheço ninguém que seja autista, então definitivamente não sou a melhor pessoa para falar se a síndrome foi bem retratada no livro. Porém, no Goodreads, a autora Maggie Stiefvater fez uma resenha do livro e ela disse que o livro é bastante real e fofo. Ela comenta também que a inconsistência narrativa de Marcelo ao longo do livro é verdadeira, porque mostra como o garoto faz avanços no mundo real e depois volta para o seu próprio mundo, e depois avança novamente.

É muito delicada a forma que vemos Marcelo enfrentando o mundo real. O garoto é obrigado a conviver com pessoas que o consideram incapaz e (me desculpem pela palavra) estúpido, mas Marcelo sabe que elas pensam isso sobre ele. Marcelo compreende o mundo ao seu redor, só tem muita dificuldade em entender o seu funcionamento.

Ao enfrentar o mundo real, Marcelo percebe que é capaz de fazer coisas sozinho, como por exemplo, ir do serviço até a estação de trem, ou conversar com pessoas adultas sobre assuntos sérios e graves. Porque Arturo o obrigou, Marcelo acabou se tornando independente, e talvez este não fosse o resultado que seu pai queria, porque essa nova liberdade de Marcelo pode trazer problemas sérios para a empresa em que Arturo trabalha.

Marcelo no mundo real fala sobre amor, compaixão e amizade. Ele nos mostra que, seja lá qual for a doença ou deficiência que uma pessoa tenha, ela é exatamente como nós. Um ser humano, com sentimentos e desejos, sonhos e fantasias. Uma pessoa que só quer ser feliz e busca isso da maneira como pode.

É um livro que eu recomendo a leitura. Já virou o meu queridinho (e eu juro que o fato do meu namorado se chamar Marcelo não tem nada a ver com isso!). Leia e se emocione com o nosso protagonista aprendendo a enfrentar os problemas de peito aberto. É lindo ver Marcelo ganhar o mundo real com o seu jeito meigo, preocupado e sincero.

Compartilhe:

Sobre Rovena

Rovena é de Vitória, formada em Relações Internacionais e atualmente cursa Letras-Inglês. Gosta muito de ler e ouvir música enquanto escreve. Grifinória, feminista e especialista em tretas do blink-182. Está no twitter (@rovsn).