Categoria: Hardcover



Texto: Amanda Tracera // Arte: Gabriela Amorim   Não raro, os livros – a arte de maneira geral, mas especialmente a literatura – são recomendados por se tratarem não de um passatempo; uma porta para análise do mundo; uma distração momentânea que cumpre a função de divertir tanto quanto a […]

Retas coincidentes: a literatura e a realidade como um só ...




Texto: Gabriela Oliveira Quando Evelyn Queiróz contorna traços desconexos e preenche as cores que dão vida aos corpos de suas personagens, joga luz às mulheres reais e a percepção que elas têm sobre o seu reflexo no espelho. A criadora da personagem Negahamburguer, uma artista plástica e desenhista de mulheres […]

As mulheres, a arte e a invisibilidade























Texto: Lara Matos // Arte: Gabriela Amorim [O conteúdo deste post pode ser perturbador para algumas pessoas. Cardíacos, crianças e pessoas de estômago sensível: prossigam por sua conta e risco!] Enclausurado (ing. Nutshell), novo livro de Ian Mcewan, provocou opiniões iradas ao ser resenhado (com muita má-fé, diga-se) por um […]

Trigger Warning!





Texto: Larissa Siriani Num dos meus novos trabalhos, escrevo sobre uma personagem que sofre de anorexia nervosa. Tendo eu mesma sofrido um distúrbio alimentar, entrar na mente da personagem foi razoavelmente fácil; talvez exatamente por isso, tenha sido uma das experiências mais terrivelmente dolorosas de escrita que já experimentei na […]

Empatia nossa de cada dia





Texto: Millena Machado Em uma de suas aulas, o professor Keating reúne sua turma próxima às fotografias de ex-alunos em seus grandes feitos e sussurra: “Carpe. Carpe Diem. Aproveitem o dia, rapazes. Tornem suas vidas extraordinárias”. Essa cena de Sociedade dos Poetas Mortos foi o meu primeiro contato com a […]

Apanha os botões de rosas enquanto podes



Texto: Gabriela Navalon // Arte: Gabriela Amorim Sou uma mulher comum, semelhante a tantas outras de onde venho. É provável que muito do que sinto não seja completamente diferente do que essas tantas outras mulheres semelhantes a mim sentem. Nós devemos ter medos e frustrações semelhantes. Não porque somos jovens, […]

Nossas figueiras: até onde vai a consciência de uma mulher?



livros banidos 1984 fahrenheit 451
Texto: Rovena Naumann Lembro quando eu lia distopias antigas e me perguntava: Será que o futuro vai ser desse jeitinho mesmo?, sem nem perceber que sim, o mundo já caminhava por aquele caminho. Quando paro para pensar em todas as previsões que os livros fizeram, sinto um pouco de medo. […]

O futuro é agora #SemanaDosLivrosBanidos