Autor: Lara Matos


carmenbavius@gmail.com'

Sobre Lara Matos

25 anos. Teresinense. Sagitariana com ascendente em aquário. Poesia é minha principal linguagem, e as palavras, o que mais amo. Mitologia e fantasia em geral. No plano de "realidade": estudo feminismo, criminologia e direitos humanos.




Quando aprendemos sobre as Grandes Navegações da Idade Moderna, estudamos várias rotas dos exploradores rumo ao Oceano Pacífico. Uma delas, ao chegar à costa da atual Libéria, mais ou menos, fazia um desvio para longe do continente, tomando um caminho que parece muito mais longo. Só que não: este afastamento […]

Estrada de terra



Texto: Lara Matos // Arte: Raquel Thomé São muitos milhares menos Você cada vez que olho a rua.   O calor da tarde Explode fagulhas de Azul pálido: então Eu ardo àquela hora Em que um lapso com nomes Me põe em queda livre.   Cada vez mais banhos quentes […]

Mapas



Texto: Lara Matos // Arte: Gabriela Amorim O vislumbre Uma mulher de pele escura caminhando apressada pelo corredor, que avistei pela primeira vez pelo turbante muito colorido em meio ao aglomerado na estação, sou como um girassol para pessoas que irradiam beleza assim. Tinha a pele marrom avermelhada pelo sol, […]

Milagres comuns







Texto: Lara Matos Na mitologia grega, as musas são nove: Calíope, Clio, Euterpe, Erato, Melpômene, Polímnia, Tália, Terpsícore e Urânia. Nove mulheres agindo na cabeça dos artistas para lhes levar o gênio, porém nunca falando por si mesmas, carregando instrumentos pesados, mas sempre mantendo graciosidade em vestidos leves. Esta imagem […]

A Voz das Musas


Texto: Lara Matos No catolicismo há cerca de 10 mil santos (entre ortodoxos, coptas e etc.), e vez ou outras eles aparecem com suas histórias na literatura, porque além de símbolos religiosos, já são elementos intrínsecos à cultura popular e deixam claro que nunca superamos totalmente nosso paganismo politeísta. Tem […]

Relicários: santos e marias na literatura


Texto: Lara Matos A mulher de um homem só carrega um fantasma pesado nas costas embora ela consiga manter a postura, ponha um saltinho bonito e desfile.   Tem, como todas, namorados e quase grandes amores, e ainda opera o milagre de cuidar para que a parte boa de um […]

Parábola



Texto: Lara Matos // Arte: Gabriela Amorim [O conteúdo deste post pode ser perturbador para algumas pessoas. Cardíacos, crianças e pessoas de estômago sensível: prossigam por sua conta e risco!] Enclausurado (ing. Nutshell), novo livro de Ian Mcewan, provocou opiniões iradas ao ser resenhado (com muita má-fé, diga-se) por um […]

Trigger Warning!


Texto: Lara Matos Em Budapeste, romance de Chico Buarque, o protagonista aprende a “única língua que o diabo respeita”, e após ter razoável domínio desta, escreve um livro de poemas em um húngaro “belo, porém sem alma”, segundo os críticos, parecendo de um estrangeiro, como de fato era. Escrever em […]

Traduções perdidas: 18 livros que merecem ser (re)editados no Brasil





Texto: Lara Matos Família é muito mais o sentimento de conforto do que qualificações enquadradas. Muitas vezes, o berço em que nascemos tem problemas e defeitos tóxicos demais para que consigamos lidar sem grandes prejuízos para nossa saúde. E está tudo bem com romper esse tipo de laço desgastante, a […]

Monstros no Armário












Gabriel García Márquez, colombiano da cidade de Aracataca, escreveu sobre Pablo Escobar com uma perspectiva e pontos de vista distintos daquilo que nos foi apresentado pela série Narcos, exibida pela Netflix. Dois grandes nomes da Colômbia (fora a Shakira, né) juntos de alguma forma. Gabo não escreveu Notícia de um […]

E a realidade superou a ficção


Ilustrações: Raquel Thomé Águas-vivas: Sereias nunca morrem. Seus corpos rendem-se a uma dança convulsa em rodopios a certa altura de suas vidas, seus cabelos compridos atando-se em seu entorno, convertendo-as em águas-vivas. As queimaduras causadas pelos contatos com os cnidários são os vestígios dos cantos mortais de outrora. Aranhas: Dos cabelos […]

A Origem Fantástica dos Animais Comuns


Ilustração: Raquel Thomé   Meu amor, muito me alegra ser tua estrela-guia e por isso Minha prece mais sincera: Por mais que eu mereça e Mesmo que veja Luas de ágata, sóis de citrino, cometas Ao meu redor em dossel Não querido, não perca A imensidão dos seus olhos Num […]

Translação