7 livros para ver o mundo pela perspectiva do outro


Os livros são portais para outros mundos, com dragões, aventuras, fadas e magia. Eles também mostram mundos reais e próximos a nós, mas que, da mesma forma que não matamos dragões, nós não os vivenciamos. Ou a história daquele livro é muito parecida com a sua e você finalmente pode se identificar naquelas páginas.

Infelizmente, nem todas as histórias têm a visibilidade que merecem. Nem todo personagem é branco, americano e cisgênero: as histórias que lemos podem ser tão diversas quanto o mundo que vivemos. Para fechar o mês de novembro, veja nove livros que mostram diferentes mundos:

A-Arte-de-Ser-Normal1. A arte de ser normal, de Lisa Williamson (Rocco):
David Piper tem 14 anos e quer só quer ser por fora o que sabe que é por dentro: uma menina.

 

 

 

carolina2. Quarto de Despejo, de Carolina de Jesus (Ática):
É o diário pessoal que conta a vida de uma mulher negra que vive em uma favela e é
 catadora de lixo.

 

 

 

9052_promotionalhumansofnewyorkgiftbook92953o3. Humans of New York, de Brandon Stanton:
O livro surgiu da página Humans of New York no facebook e conta com fotos e relatos das pessoas que o fotógrafo encontra por Nova York, uma cidade diversa e com histórias únicas.

 

 

 

ChicoRita-210x3004. Chico e Rita, de Fernando Trueba, Ignacio Martinez de Pisón e Javier Mariscal :
O HQ conta a história de amor de um pianista e uma cantora em Havana. E a história também virou um filme de animação

 

 

 


download

5. Americanah, de Chimamanda Ngozi Adichie (Companhia das Letras):
A nigeriana Ifemelu vai estudar na faculdade nos Estados Unidos, deixando para trás sua família e amor da adolescência e tendo que lidar o choque de culturas e, pela primeira vez, questões raciais. A Pólen já fez uma resenha do livro aqui

 

 

n9500036. Middlesex, de Jeffrey Eugenides (Companhia das Letras):
É a história de um homem intersexual que fora criado como menina nos anos 1950, no subúrbio de Detroit e com a família de imigrantes gregos. Veja a resenha do livro que fizemos!

 

 

WillGrayson7. Will Grayson, Will Grayson, de John Green e David Levithan (Record):
Dois Will Graysons, duas vidas diferentes e dois pontos de vista no livro. Seus caminhos se cruzam, resultando em amizade, romance e um musical épico. Um dos meninos é gay e o outro é o melhor amigo de um gay.

 

 

Esses são só alguns livros de muitas narrativas diversas por aí? Conhece um livro fantástico que te mostrou uma nova perspectiva, compatilha com a gente!
Essa lista foi feita com a ajuda da equipe da Revista Pólen, em especial: Lorena Pimentel, Sabrina Coutinho, Ana Luísa Bussular, Ariel Carvalho e  Marina Vieira.

 

Compartilhe:

Sobre Luisa Granato

Luísa é jornalista e eterna potterhead. Sua casa é a grifinória, mas ela lê como uma corvinal e podia ser a Luna Lovegood. Viajante (inclusive do espaço e do tempo), ela ama ficção científica e histórias fantásticas.