4 filmes para maratonar no Halloween


Martyrs (2008)

martyrs-large

Rovena:

Martyrs é um filme meio difícil de explicar, até porque eu não quero estragar a história pra quem ainda não viu. Mas é assim, a nossa história começa quando vemos uma garotinha fugindo de um lugar onde ela era mantida prisioneira. Alguns anos depois, ela vai atrás das pessoas que fizeram isso com ela. E é claro que ela mata a família inteira.

É só isso o que vou falar, até porque era ISSO o que eu sabia da história quando fui ver o filme pela primeira vez. Com menos de dez minutos tive que pausar e respirar um pouco, porque eu sabia que não ia conseguir lidar com o que estava por vir.

Martyrs é perturbador. Demais. É sangrento. É um terror mais psicológico, daqueles que entram na sua cabeça e ficam ali, no cantinho, por dias. E ao mesmo tempo, é um filme com um toque de humanidade. É uma coisa meio assustadora porque você fica pensando “será que existem pessoa loucas pra fazer isso?”, e a resposta é sempre sim. O ser humano é capaz de muitas bizarrices. Martyrs é um filme que vai te incomodar e vai te fazer sentir. Tudo acontece por um motivo e nenhum sofrimento é gratuito. Talvez seja por isso que ele choca. Você entende as motivações da personagem principal e torce para que ela fique bem no final de tudo.

Essa versão ainda tem o Xavier Dolan fazendo uma pontinha (ele morre no começo do filme), ou seja, maravilhoso. Em 2016 saiu um remake de Martyrs, com a Troian Bellisario (nossa eterna Spencer Hastings) como uma das personagens principais. Ainda não vi essa versão nova, mas eu recomendo a original porque esse é um daqueles filmes que, mesmo que você só veja uma vez, ele vai te impressionar e ficar com você pra sempre.

Escala de abóboras decoradas:

4-aboboras

Quicksilver Highway ( 1997)

4873249_l3

Maria Raquel:

Vi esse filme na TV numa tarde de meio de semana faz mais de dez anos e nunca mais esqueci. Ele ficou grudado na cabeça como um dos filmes mais gore e bizarros que já vi. Mesmo que não seja tão gore assim, comparado com filmes de terror da época, a bizarrice dele balanceia. Acaba virando um filme perfeito pra quem gosta de histórias estranhas contadas por pessoas mais estranhas ainda.

Christopher Lloyd (o Doc de De Volta Para o Futuro) é Quicksilver, um apresentador de exposição itinerante bizarra, contando histórias macabras. O filme acompanha duas dessas histórias. Na primeira, o carro de um cara para no meio do deserto e ele se vê obrigado a aceitar ajuda de outro. A partir daí as coisas ficam psicóticas, como devem ser.

A segunda é a mais perturbadora: as mãos de um cirurgião plástico famoso resolvem se rebelar e organizar uma revolução.

A fantasia das histórias contadas se mistura com a realidade vivida por Quicksilver e os ouvintes de suas histórias, tornando tudo mais bizarro.

Não quero contar muito para não estragar a experiência de ver esse filme às cegas. Mas se você gosta de uma bizarrice estilo Família Addams ou Rocky Horror Picture Show, misturada com um gore próprio dos anos 90, com certeza vai amar.

Filme mais que perfeito pra ver no Halloween e ficar com aquele gosto amargo na boca depois.

Escala de abóboras decoradas:

4-aboboras

Zodiac (2007)

zodiac-downey-gyllenhaal

Maynnara

Vou começar pedindo um pouco de desculpas porque a minha escolha desse filme vai mais pela minha obsessão por crimes do que pelo filme em si, porque já faz um bom tempo que vi e então não consigo dar todos os detalhes da produção. O filme narra um pouco da investigação do caso do serial killer zodiac killer que é um dos casos abertos mais famosos dos EUA. Zodiac foi um assassino que atuou entre os anos 60 e 70 em São Francisco e que ficou famoso por debochar da polícia mandando mensagens criptografadas para eles.

O filme foca um pouco no lado dos jornalista Paul Avery e Robert Greysmith depois que eles recebem a primeira carta criptografada. Paul é o repórter da parte policial do jornal e Robert é o cartunista que fica obcecado com o caso e tenta desvendar os códigos deixados pelo assassino, mas pouca gente o escuta porque ele é “só” o cartunista e só vão de fato dar atenção pro que ele estava investigando depois que outros assassinatos acontecem.

Eu sou um pouco obcecada por esse caso porque tem mistério, suspense e assassinatos e é algo que depois de tantos anos nunca foi resolvido. Fora o fato do assassino ser super debochado ao ponto de mandar mensagens criticando a investigação da polícia para o jornal. Acho que o filme mostra um lado legal do caso e a corrida das pessoas pra tentar desvendar o que está acontecendo e até faz jus ao que realmente aconteceu. Quem curte crimes famosos e casos não resolvidos provavelmente vai gostar.

Escala de abóboras decoradas:

4-aboboras

Practical Magic (1998)

lt05deczgshdabomkdqi

Depois de debatermos, escolhemos um filme quase clássico com a temática bruxas que é Practical Magic. Um filme perfeito para quem quer evitar terror, gore ou bizarrice, mas ainda quer sentir um gostinho de Halloween.

As mulher da família Owens além de bruxas guardam outro segredo. Uma maldição: todos os homens com quem elas se apaixonam morrem. Com a morte do marido de Sally, Gillian resolve voltar para ajudar a sua irmã e tentar fugir de um relacionamento abusivo. Mas seu companheiro não vai deixar Gillian mudar de vida. Practical Magic tem sororidade, feitiços e roupas maravilhosas que vão fazer você querer fazer parte dessa família.

A vibe bruxas dos anos 90 faz com que esse filme seja um clássico do Halloween, misturando feitiços e romance.

Escala de abóboras decoradas:

5-aboboras-e-chapeu

Compartilhe: