Qual foi o pior spoiler que você já recebeu?


Spoilers: tem hora que nossa curiosidade vence ou algum desavisado conta o final e estraga toda a experiência. Para seu divertimento (ou sentimento de pena por nós) aqui estão as melhores e piores histórias de gente que recebeu dicas sobre o desfecho de uma trama. Claro, contém spoilers, então só selecione o texto se quiser meeesmo saber o que acontece.

Lorena Pimentel, Star Wars: O Despertar da Força

Minha pior história com spoilers também foi a mais recente. Depois de conseguir passar mais de um mês evitando qualquer artigo/textão/tweet/etc sobre Star Wars: The Force Awakens, eu estava no feed do facebook quando vejo aquela musiquinha sobre spoilers do Marcelo Adnet. Tava lá feliz curtindo e de repente: BAM! Spoiler de Star Wars. Nem posso dizer que não fui avisada, mas né. Quem foge de spoilers por mais de um mês, evita todo o hype da internet e aí pega bem quando o assunto começa a morrer? 

 

Priscilla Binato, Star Wars: O Despertar da Força

Achei que estava segura, achei que tudo iria dar certo. Achei que iria conseguir evitar os spoilers. Não consegui. Eu fui, em um dia normal, almoçar com o meu avô e a minha mãe no restaurante especial do meu avô. Estávamos lá, sentados na mesa, comendo calmamente quando o meu avô comenta que já tinha visto o filme. Eu respondo “nossa, que filme legal! só não me dê spoilers, hein?”. Então ele me diz que não gostou do porque o Han Solo morre. Detalhe: eu ia ver nesse dia, mais tarde. 

Julia Molisani, Game of Thrones

Não adianta nem eu especificar o livro, porque foram tantos em tão pouco tempo, de todos os livros praticamente. Para início de conversa, eu soue que o Ned morria. Consegui chegar até o Casamento Vermelho sem spoilers, mas ai me contaram todos os eventos do Casamento Roxo.

Me contaram que Arya ficava cega, que Jon Snow morre. E depois que ele vive.

Entre esses eventos, ainda soube que Lysa morre e que Catelyn estava viva. Graças a deusa, parece que a série deu uma queda de popularidade e parei de ser bombardeada de spoilers e posso ler em paz  agora. Todos esses spoilers chegaram a mim pelo Facebook, porque as pessoas invadem a timeline com piadas sobre os eventos, sem a menor consideração. Ou por amigos que estavam ansiosos por compartilhar isso e depois diziam “mas isso não é nada demais”. Porra, era demais para mim.  

Amanda Tracera, Quem é você, Alasca?

O pior spoiler que eu já recebi veio do jeito mais clichê do mundo: estava lendo Quem é você, Alasca?, do John Green, há apenas um dia, quando uma menina da minha turma na escola viu, bateu no meu ombro, falou que adorava o livro e perguntou: “já chegou na parte que ela morre?”. A leitura meio que perdeu um pedaço da magia ali, né? Ainda bem que não foi nada que alterasse completamente a leitura. 

Rovena Naumann, Harry Potter e a Ordem da Fênix

Meu pior spoiler foi com um dos livros que eu menos queria saber coisas sobre. Depois de tanto tempo de espero, meu livro finalmente chegou e eu estava toda feliz folheando aquele tijolo e sentindo o cheiro maravilhoso que saía das páginas, quando de repente, eu parei numa parte que falava sobre a morte de um certo personagem. Comecei a chorar, e para piorar, eu estava no telefone com uma amiga e ela insistiu para que eu contasse o que estava acontecendo. Choramos juntas no colégio no dia seguinte.  

 

Lais Baptista, Harry Potter e a Ordem da Fênix

O spoiler que mais me marcou (não lembro se foi o primeiro), foi a morte do Sirius. E o pior que não foi culpa de ninguém além de minha. Eu entrava sempre num site de Harry Potter e, alguns dias depois do lançamento do livro (acho que o livro lançou sexta e era domingo), eles postaram uma notícia falando de um obituário que foi postado num jornal para a personagem que morria. Deu bug no meu cérebro por algum motivo e eu achei que era a personagem morta do QUARTO livro. Aí abri. Aí vi. Aí sofri e me odiei. Desde então fujo de spoiler como posso.

 

Laís Stéfani, House e O Sexto Sentido

Abri um video no Youtube dos melhores momentos dos personagens de House e aí, já de início, assisti a cena do velório do House! Foi simplesmente heartbreaking, ainda não  cheguei no fim da série e nem to com coragem pra chegar </3.

Já no filme de O Sexto Sentido vi um video do OmeleTeve sobre plot twists e eles diziam que o cara tava morto desde o começo do filme… estava na minha lista pra assistir, e acabei tentando assistir, mas como eu já sabia desse detalhe, perdeu a graça e nem consegui ver até o fim.

 

Erika Jurdi, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban

A pequena Erika de 10 anos estava toda feliz e contente lendo PdA que tinha acabado de ter sido lançado no Brasil. Lógico que metade dos coleguinhas da classe também estavam lendo. Um coleguinha em particular lia muito mais rápido que outros e a Erikinha lia meio devagar na época. A pequena Erika estava chegando no fim do livro e viu que o título de um capítulo era “O Segredo de Hermione” e pensa em voz alta: “Oh! Que segredo será esse?! Estou curiosa pra saber!”, e o coleguinha que já tinha acabado falou “Ah, esse não tem muita graça, o segredo legal mesmo é o do Lupin.”

“… quê?”

“O Lupin é um lobisomem”

“QUÊ????”

“E o segredo da Hermione é…”

“nÃO CARA, CALA A BOCA, O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO?????”

Ele parou de falar, mas o estrago já tinha sido feito. 

 

Cynthia Osório, Grey´s Anatomy

Comecei a ver a série ano passado, então vi tudo de uma vez, super empolgada e viciada indiquei pra uma amiga, outro dia ela foi me contar, toda faceira, que viu um episódio:

-amiga, vi um episódio da serie lá que vc falou,  grey´s anatomy…

-foooi? e aí, gostou?

– até gostei, vi o episódio que AQUELE MÉDICO MORRE, O DEREK

Pausa enorme pra recuperar o fôlego. Quem acompanha a série sabe que ela é cheia de emoções trágicas, mesmo esperando por isso, a qualquer momento, você ainda se surpreende e leva uns sustos. E eu ainda não tinha me recuperado da primeira morte da série, pra mim, que vi tudo de uma vez, estava recente. Que golpe receber essa notícia daquela maneira…

-MAS COMO ASSIM O DEREK MORRE??

-ai amiga desculpa, eu pensei que tu já tinha visto a serie toda… desculpa desculpa

A amiga tá perdoada, mas será sempre minha história de spoiler, eu vi o episódio depois e ainda foi emocionante, apesar de não surpreendente.

Marina Vieira, Game of Thrones

Eu havia sobrevivido três semanas na internet sem spoiler nenhum depois do episódio ir ao ar. Tratando-se da season finale de Game of Thrones, isso é o equivalente a passear por um fogo cruzado, ir e voltar várias vezes, e não ser baleada. As diversas tags que coloquei nas extensões do Chrome fucionaram: o Twitter não me atingiu, nem o Facebook, nem – pasmem! – o Tumblr. Eu só não estava preparada para uma traição dentro da minha própria família. Ainda mais vinda de alguém tão fã quanto eu, consciente do peso de um spoiler para a experiência da história. Meu próprio pai!!! Estávamos no carro, e eu contava sobre o gatinho recém-adquirido de uma amiga, nomeado João Neve. Aquele que me criou, para quem eu apresentei a série e os livros, vira-se e solta um comentário sarcástico sobre o destino do gato, não muito promissor, caso seguisse a sina do personagem que originara seu nome. Olhei para ele em choque. E o pior de tudo, sabem qual foi sua reação? RIR. Rir na minha cara indignada. Naquele momento, o suposto amor incondicional entre pais e filhas certamente foi testado. 

 

Rafael Lins, Matrix Reloaded

Basicamente eu estava na fila esperando para assistir a segunda sessão, pois quando cheguei os ingressos da primeira já haviam acabado, e sai um filho da mãe gritando “caramba, não acredito que a Trinity morre no final!”… Normalmente não me importo com spoilers, mas esse foi demais. 

Debora Theobald (@deboratheobald), Convergente

Eu sou uma pessoa que gosta de spoilers. Ninguém entende porquê. Ler um spoiler me instiga a ler/ver algo ainda mais. Meus amigos me conhecem como a rainha do spoiler (muitas piadas são feitas, não pergunte). Por que eu estou contando tudo isso? Bom, porque simplesmente um dia eu provei do próprio veneno, como dizem por aí.

O lançamento de Convergente, último livro da trilogia Divergente, estava perto e, não sei se vocês lembram, por erro de algumas livrarias alguns livros de pré-venda chegaram antes ao destino, e então, o inevitável aconteceu: o final vazou. E minha amiga me mandou uma matéria que contava o que acontecia. Eu amo spoilers, portanto óbvio que fui ler.

Conversa que se seguiu após a leitura: – hdsgfjdkgfjdgfjhdgfjgdsf O QUEEEEEEEEEEEE NÃÃÃÃÃÕOOOO A TRIS NÃO PODE MORRER NÃÃÃÃÃÕ O QUE A VERONICA TÁ PENSANDO ELA TÁ LOCA EM MATAR A TRIS *começa a chorar e tremer e socar a parede* *mais caps lock, muitos xingamentos se seguem* *caem em negação esperando que o spoiler seja mentira*

Bom, foi dai pra baixo minha reação, não parei de xingar e ficar com cara de “isso não tá acontecendo” por um bom tempo. Quando criei coragem pra ler o livro foi uma das piores leituras que já tive, ler com aquele sentimento de saber que ela morria tornou tudo um lixo e estragou a saga pra mim. Finalmente entendi porque as pessoas tem horror a spoilers. 

 

Bruna Kalil Othero, House Of Cards

Um amigo meu me indicou “House of Cards”, original do Netflix. Comecei a ver e já me viciei. Quando estava no finzinho da primeira temporada, comentei com ele que estava adorando a série e tinha curtido muito a personagem da jornalista. Aí ele me solta: pois é, pena que ela morre no primeiro episódio da segunda temporada. Brigada, migo! 

 

Tatiane Ferrari (novembroinconstante.blogspot.com), Gilmore Girls.

Na época em que Gilmore Girls foi transmitida na Warner, eu não tinha idade para me interessar pela série, então apesar de sempre ouvir falar da mesma, só comecei a acompanhá-la no ano passado. Finalmente cheguei na quarta temporada, coincidentemente na mesma época em que o anúncio oficial a respeito do retorno da série foi dado. Estava eu, defensora assídua de Dean Forester no Twitter, quando finalmente entendi o motivo de todos preferirem o Jess: DEAN VIRA UM HOMEM CASADO E RORY É SUA AMANTE, VRAAAAAAAAAAAAA. Gente, alguém pode por favor tirar o rosto do Jared desse personagem? Que dífícil lidar com  a informação, que difícil odiar um rosto tão bonito! 

Elisa Machado (@elisamacz), Convergente 

Sou uma pessoa de sorte, só tive uma única experiência com spoilers. Eu havia começado a ler o último livro da série Divergente, Convergente, quando me deparei com comentários no Facebook sobre a série, e uma garota tinha escrito que a Tris morria no final. Fiquei arrasada! Não pela morte da personagem, mas porque aquilo estragou toda a minha experiência com o livro. Nunca senti tanto ódio de alguém na web, eu queria poder atravessar a tela do computador e encher a pessoa de tapa! Ela tinha feito de propósito!

 

Analu Bussular, Grey’s Anatomy

Comecei a assistir Grey’s Anatomy tarde, a série já devia estar, sei lá, na 9ª temporada quando comecei. Lá pelos idos da 4ª, comecei a gostar muito muito de uma personagem e um dia me ocorreu descobrir se era a mesma atriz que fazia um filme que eu já tinha visto. Inocentemente joguei o nome da personagem no google e a PRIMEIRA COISA QUE LI foi que ela morria na 8ª temporada. Eu fiquei tão arrasada, mas tão arrasada que desse dia até o dia que vi o capítulo que ela morria TODA VEZ que eu estava feliz da vida curtindo os plots dela e amando mais ainda eu lembrava que ela ia morrer. Foi uma tortura.

Compartilhe:

Sobre Lorena Pimentel

Paulistana que preferia ter mar, entusiasta do entusiasmo, Grifinória com medo de cachorros, defensora de orelhas pra marcar livros, não gosta de açúcar, colecionadora de instagrams com fotos de bebês, oversharer no twitter (@buzzedwhispers) e uma eterna vontade de ter nascido Rory Gilmore.