20 livros LGBT+ para colocar na estante


Texto: Lorena Pimentel // Foto: Luísa Granato

Pensando na importância – ainda mais no momento em que vivemos, que (ainda) normaliza opressões – de trazer cada vez mais leituras com temática LGBT+, tanto para nós quanto para nossos leitores, perguntamos no twitter quais livros tinham representações legais da temática. Nossos leitores sugeriram diversas leituras, sejam romances, contos, ficção, não ficção, YA, adulto, etc. Alguns deles têm relacionamentos LGBT+ em destaque, outros menos, mas todos vieram muito bem recomendados.

Um aviso importante antes da lista: nós costumamos usar links afiliados aqui na Pólen, ou seja, cada vez que alguém compra na Amazon com a nossa recomendação, recebemos um dinheiro. Dessa vez, vamos usar o dinheiro do primeiro mês dos links deste post para beneficiar uma instituição importante, a Casa1, um centro cultural e de acolhimento para pessoas LGBT+ em situação de risco.

 

“Quinze Dias”, Vitor Martins:

Sinopse: “Felipe está esperando por esse momento desde que as aulas começaram: o início das férias de julho. Finalmente ele vai poder passar alguns dias longe da escola e dos colegas que o maltratam. Os planos envolvem se afundar nos episódios atrasados de suas séries favoritas, colocar a leitura em dia e aprender com tutoriais no YouTube coisas novas que ele nunca vai colocar em prática.

Mas as coisas fogem um pouco do controle quando a mãe de Felipe informa que concordou em hospedar Caio, o vizinho do 57, por longos quinze dias, enquanto os pais dele estão viajando. Felipe entra em desespero porque a) Caio foi sua primeira paixãozinha na infância (e existe uma grande possibilidade dessa paixão não ter passado até hoje) e b) Felipe coleciona uma lista infinita de inseguranças e não tem a menor ideia de como interagir com o vizinho.

Os dias que prometiam paz, tranquilidade e maratonas épicas de Netflix acabam trazendo um turbilhão de sentimentos, que obrigarão Felipe a mergulhar em todas as questões mal resolvidas que ele tem consigo mesmo.”

Leia resenha no Estante Diagonal e compre aqui

Indicado por: nós mesmos

 

Trilogia “Mundo em Caos”, Patrick Ness:

Sinopse: “Todd Hewitt é um garoto de doze anos, o último menino de Prentisstown, uma cidade de homens. Ele vive em um mundo cheio de ‘ruído’ em que os pensamentos privados de todo homem e animal são audíveis. Em um mês ele estará com treze anos e será um homem. Mas a cidade está mantendo segredos para ele, segredos que vão forçá-lo a fugir do prefeito e dos homens de Prentisstown junto com seu cachorro e a primeira garota que ele já conheceu. A cada pagina o leitor ficará cada vez mais ligado a Todd e Viola com sua historia de amizade e sentirá afeição genuína por Manchee, cão e ajudante de Todd, cujo comportamento é hilário e comovente. Na sua essência é uma historia sobre um garoto forçado a crescer rapidamente em um mundo de ruínas em loucura e armado apenas com sua convicção de fazer a coisa certa para ajudá-lo a sobreviver.”

Assista uma resenha no canal da Mariana Gastal e compre aqui

Indicado por: Maria Marcela 

 

“Ninguém Nasce Herói”, Eric Novello:

Sinopse: “Num futuro em que o Brasil é liderado por um fundamentalista religioso, o Escolhido, o simples ato de distribuir livros na rua é visto como rebeldia. Esse foi o jeito que Chuvisco encontrou para resistir e tentar mudar a sua realidade, um pouquinho que seja: ele e os amigos entregam exemplares proibidos pelo governo a quem passa pela praça Roosevelt, no centro de São Paulo, sempre atentos para o caso de algum policial aparecer. Outro perigo que precisam enfrentar enquanto tentam viver sua juventude são as milícias urbanas, como a Guarda Branca: seus integrantes perseguem diversas minorias, incentivados pelo governo. É esse grupo que Chuvisco encontra espancando um garoto nos arredores da rua Augusta. A situação obriga o jovem a agir como um verdadeiro super-herói para tentar ajudá-lo — e esse é só o começo. Aos poucos, Chuvisco percebe que terá de fazer mais do que apenas distribuir livros se quiser mudar seu futuro e o do país.”

Leia resenha no Momentum Saga e compre aqui

Indicado por: Lucas

 

“Dois Garotos se Beijando”, David Levithan:

Sinopse: “Do lado de fora da escola, ao ar livre, rodeados por câmeras e por uma multidão que, em parte apoia e em parte repudia o que estão fazendo, Craig e Harry estão tentando quebrar o recorde mundial do beijo mais longo. Craig e Harry não são mais um casal, mas já foram um dia. Peter e Neil são um casal. Seus beijos são diferentes.
Avery acaba de conhecer Ryan e precisa decidir sobre como contar para ele que é transexual, mas está com medo de não ser aceito depois disso.
Cooper está sozinho. Passa suas noites em claro, no computador, criando vidas falsas online e seduzindo homens que jamais conhecerá na vida real. Mas quando seus pais descobrem seu passatempo proibido, o mundo dele desaba.
Cada um desses meninos tem uma situação diferente. Alguns contam com o apoio incondicional da família, outros não. Alguns sofrem com o bullying na escola, outros, com o coração partido.
Mas bem no centro de todas essas histórias paralelas está o amor. E, através dele, a coragem para lutar por um mundo onde esse sentimento nunca seja sinônimo de tabu.”

Leia resenha no Fome de Livros e compre aqui

Indicado por: André Macedo

 

“Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo”, Benjamin Alire Saénz:

Sinopse: “Em um verão tedioso, os jovens Aristóteles e Dante são unidos pelo acaso e, embora sejam completamente diferentes um do outro, iniciam uma amizade especial, do tipo que muda a vida das pessoas e dura para sempre. E é através dessa amizade que Ari e Dante vão descobrir mais sobre si mesmos – e sobre o tipo de pessoa que querem ser.
Dante sabe nadar. Ari não. Dante é articulado e confiante. Ari tem dificuldade com as palavras e duvida de si mesmo. Dante é apaixonado por poesia e arte. Ari se perde em pensamentos sobre seu irmão mais velho, que está na prisão.
Um garoto como Dante, com um jeito tão único de ver o mundo, deveria ser a última pessoa capaz de romper as barreiras que Ari construiu em volta de si. Mas quando os dois se conhecem, logo surge uma forte ligação. Eles compartilham livros, pensamentos, sonhos, risadas – e começam a redefinir seus próprios mundos. Assim, descobrem que o amor e a amizade talvez sejam a chave para desvendar os segredos do Universo.”

Leia resenha no Headcanons e compre aqui

Indicado por: André Macedo, Laís

 

“Carry On”, Rainbow Rowell:

Sinopse: “Simon Snow é um bruxo que estuda numa escola de magia na Inglaterra. Profecias dizem que ele é o Escolhido. Você pode até estar pensando que já conhece uma história parecida. O que você não sabe é que Simon Snow é o pior escolhido que alguém já escolheu. Poderosíssimo, mas desastroso a ponto de não conseguir controlar sequer sua própria varinha, Simon está tendo um ano difícil na Escola de Magia de Watford. Seu mentor o evita, sua namorada termina com ele e uma entidade sinistra ronda por aí usando seu rosto. Para piorar, seu antagonista e colega de quarto, Baz, está desaparecido, provavelmente maquinando algum plano insano a fim de derrotá-lo. ”Carry on” é uma história de fantasma, de amor e de mistério. Tem todos os beijos e diálogos que se pode esperar de uma história de Rainbow Rowell, mas com muito, muito mais monstros.”

Leia resenha no Moonlight Books e compre aqui

Indicado por: Anna Vitória e várias outras pessoas 🙂

 

“Simon vs. a Agenda Homo Sapiens”, Becky Albertalli:

Sinopse: “Simon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo muda quando Martin, o bobão da escola, descobre uma troca de e-mails entre Simon e um garoto misterioso que se identifica como Blue e que a cada dia faz o coração de Simon bater mais forte.

Martin começa a chantageá-lo, e, se Simon não ceder, seu segredo cairá na boca de todos. Pior: sua relação com Blue poderá chegar ao fim, antes mesmo de começar.

Agora, o adolescente avesso a mudanças precisará encontrar uma forma de sair de sua zona de conforto e dar uma chance à felicidade ao lado do menino mais confuso e encantador que ele já conheceu.

Uma história que trata com naturalidade e bom humor de questões delicadas, explorando a difícil tarefa que é amadurecer e as mudanças e os dilemas pelos quais todos nós, adolescentes ou não, precisamos enfrentar para nos encontramos.”

Leia resenha no De livro em livro e compre aqui

Indicado por: Pedro Martins

 

“Eu Te Darei o Sol”, Jandy Nelson:

Sinopse: “Noah e Jude competem pela afeição dos pais, pela atenção do garoto que acabou de se mudar para o bairro e por uma vaga na melhor escola de arte da Califórnia.

Mal-entendidos, ciúmes e uma perda trágica os separaram definitivamente. Trilhando caminhos distintos e vivendo no mesmo espaço, ambos lutam contra dilemas que não têm coragem de revelar a ninguém.”

Leia resenha no Queria estar lendo e compre aqui

Indicado por: Ana, Lara

 

“Imperfeito”, Robson Gabriel:

Sinopse: “Daniel sempre soube que era diferente dos outros garotos, mas é somente na festa de despedida do Ensino Médio que ele aceita sua homossexualidade. Agora, prestes a entrar na faculdade, ele terá de lidar com seu verdadeiro eu. O início das aulas traz mudanças inevitáveis e o jovem logo se vê dividido entre dois caminhos. Um lhe garante a possibilidade de ser feliz, o outro o obriga a manter uma parte de si oculta de todos ao seu redor. Dan está cheio de dúvidas e angústias difíceis demais para um garoto de apenas 18 anos enfrentar. Para sair desse cenário triste, ele vai precisar tomar a mais simples e mais marcante decisão de sua vida. ”Imperfeito” é um romance pungente e, ao mesmo tempo, sensível. A trama criada por Robson Gabriel é pontuada por dor, prazer e descobertas, e certamente vai emocionar os leitores.”

Leia resenha no Elefante Voador e compre aqui 

Indicado por: Clara

 

“Os Garotos Corvos”, Maggie Stiefvater:

Sinopse: “Todo ano. na véspera do Dia de São Marcos.¬ Blue Sargent vai com sua mãe clarividente até uma igreja abandonada para ver os espíritos daqueles que vão morrer em breve. Blue nunca consegue vê-los — até este ano. quando um garoto emerge da escuridão e fala diretamente com ela.

Seu nome é Gansey. e ela logo descobre que ele é um estudante rico da Academia Aglionby. a escola particular da cidade. Mas Blue se impôs uma regra: ficar longe dos garotos da Aglionby. Conhecidos como garotos corvos. eles só podem significar encrença.

Gansey tem tudo — dinheiro. boa aparência. amigos leais —. mas deseja muito mais. Ele está em uma missão com outros três garotos corvos: Adam. o aluno pobre que se ressente de toda a riqueza ao seu redor; Ronan. a alma perturbada que varia da raiva ao desespero; e Noah. o observador taciturno. que percebe muitas coisas. mas fala pouco.

Desde que se entende por gente. as médiuns da família dizem a Blue que. se ela beijar seu verdadeiro amor. ele morrerá. Mas ela não acredita no amor. por isso nunca pensou que isso seria um problema. Agora. conforme sua vida se torna cada vez mais ligada ao estranho mundo dos garotos corvos. ela não tem mais tanta certeza.”

Leia a resenha aqui na Pólen mesmo e compre aqui

Indicado por: Fernanda, Débora, Isabela

 

“Tempo ao Tempo”, Olivia Pilar:

Sinopse: “”— Você vai estar ao meu lado depois? […]
— Sempre.”

Carolina e Elisa não poderiam ser mais diferentes. Unidas por uma forte amizade, juntas formam o equilíbrio perfeito. Mas conforme os anos passam, elas percebem que o sentimento que nutrem uma pela outra pode ser mais forte do que imaginavam.”

Leia resenha no Blog Pavê e compre aqui

Indicado por Clara e Iris

(P.S.: A Olivia também é autora de outro conto, “Entre Estantes”, vale olhar esse também)

 

“A Rosa de Isabela”, Solaine Chioro:

Sinopse: “Isabela acaba de se mudar para uma pequena cidade no interior de São Paulo com a sua família e, enquanto suas irmãs ainda parecem se ajustar àquela nova realidade, a jovem sente-se confortável no novo ambiente. O infortúnio, porém, acaba entrando em suas vidas quando sua mãe se desespera, afirmando ter encontrado o monstro que habita a floresta, protagonista de uma antiga lenda da cidade. Decidida a tranquilizar sua mãe, Isabela vai à procura de tal fera e acaba se surpreendendo com o que encontra e com a proposta que recebe.
Um reconto LGBT+ de A Bela e a Fera.”

Disponível no Kindle aqui

Indicado por Iris (e eu mesma, adoro esse conto)

 

“Luzes de emergência se acenderão automaticamente”, Luísa Geisler:

Sinopse: “De certa forma, um relacionamento são duas pessoas que se recusam a desistir uma da outra. Duas pessoas igualmente ferradas, claro. É o que escreve Henrique, ou Ike, em cadernos que carrega consigo para todos os lugares. São cadernos em que fala de seu dia a dia, dos amigos, e de sonhos difusos que ele guarda para o futuro. Henrique mora nos subúrbios de Porto Alegre com os pais, e é um garoto que se considera, em todos os aspectos, uma pessoa normal. Está na faculdade, trabalha num posto de gasolina em meio período, tem uma namorada. Fala pouco, é introspectivo, mas cultiva amizades sólidas. Tudo muda quando seu melhor amigo, Gabriel, bate a cabeça num acidente banal e, pouco tempo depois, é hospitalizado em coma. Após uma cirurgia de emergência, não há muito que fazer por ele, dizem os médicos. Apenas esperar. E Ike, os pais de Gabriel, o irmão mais velho e os amigos aguardam o menor sinal de melhora. É então que, perto do Natal, Ike começa a escrever. São cartas em sequência ao amigo, como uma conversa, onde relata o que se passa na ausência do amigo. Para “quando tu acordar”, diz ele. “Queria saber quando tu ia acordar, como tu tá, o que tem acontecido, se tem algo que dê pra fazer”, escreve Henrique. As cartas são entremeadas por narrativas curtas, que dão a elas uma dimensão adicional: até que ponto Ike sabe realmente o que acontece à sua volta? O que pensam os outros? Luisa Geisler constrói em Luzes de emergência se acenderão automaticamente uma narrativa sutil, às vezes entremeada com um humor desconcertante, em outras com passagens cativantes. Ao compor esse mosaico, a autora desenvolve um romance surpreendente, emocional, sobre as incertezas do amadurecimento.”

Leia uma resenha postada na Pólen e compre aqui

Indicado por Luara França

 

“Conversas Entre Amigos”, Sally Rooney:

Sinopse: “Frances, uma estudante de vinte e um anos que vive em Dublin, é escritora e apresenta em público suas peças de poesia com Bobbi, sua ex-namorada e melhor amiga. Ela é tímida, austera e distante; Bobbi é mais comunicativa e de fácil trato. Quando Melissa, uma notável fotógrafa e ensaísta, se aproxima de ambas para oferecer um perfil em uma renomada revista, elas aceitam com entusiasmo. Enquanto o encanto de Bobbi por Melissa aumenta, Frances se aproxima pouco a pouco de Nick, o marido-ator não muito bem-sucedido, e a relação de poder que se estabelece entre os quatro se torna cada vez mais complexa.”

Indicado também pela Luara, compre aqui

 

“Tash e Tolstói”, Kathryn Ormsbee:

Sinopse: “Natasha Zelenka é apaixonada por filmes antigos, livros clássicos e pelo escritor russo Liev Tolstói. Tanto que Famílias Infelizes, a websérie que a garota produz no YouTube com Jack, sua melhor amiga, é uma adaptação moderna de Anna Kariênina. Quando o canal viraliza da noite para o dia, a súbita fama rende milhares de seguidores — e, para surpresa de todos, uma indicação à Tuba Dourada, o Oscar das webséries. Esse evento é a grande chance de Tash conhecer pessoalmente Thom, um youtuber de quem sempre foi a fim. Agora, só falta criar coragem para contar a ele que é uma assexual romântica — ou seja, ela se interessa romanticamente por garotos, mas não sente atração sexual por eles. O que Tash mais gostaria de saber é: o que Tolstói faria?”

Leia resenha no Seguindo o Coelho Branco e compre aqui

Indicado por May Sigwalt

 

“Argonautas”, Maggie Nelson:

Sinopse: “Este livro de Maggie Nelson, vencedor do National Book Critics Circle Award em 2015 e escolhido como um dos livros do ano pelo New York Times , é uma autobiografia que subverte o gênero. Uma obra de “autoteoria” que traz ideias atuais, destemidas e oportunas sobre desejo e identidade, sobre as limitações e as possibilidades do amor e da linguagem. Seu tema central é um romance: o relacionamento da autora com o artista Harry Dodge. Ela narra a experiência de se apaixonar por Dodge, uma pessoa de gênero fluido, bem como o caminho percorrido até e durante sua gravidez. No rastro de intelectuais populares como Susan Sontag e Roland Barthes, a autora atrela sua experiência pessoal a uma análise rigorosa do que importantes teóricos disseram sobre sexualidade, gênero, casamento e educação infantil.”

Indicado por: Sofia Soter. Compre aqui.

 

“Middlesex”, Jeffrey Eugenides:

Sinopse: “Nasci duas vezes: primeiro como uma bebezinha, em janeiro de 1960, num dia notável pela ausência de poluição no ar de Detroit; e de novo como um menino adolescente, numa sala de emergências nas proximidades de Petoskey, Michigan, em agosto de 1974.” Ironicamente, Calíope Stephanides está morando em Berlim, cidade que por décadas se viu dividida, quando começa a relembrar sua própria história, marcada pelo desvio e pela busca de unidade. Sua narrativa percorre então três gerações da família greco-americana Stephanides, tendo como ponto de partida o começo do século XX, quando seus avós deixam um vilarejo nas encostas do Monte Olimpo para se instalar em Detroit, nos Estados Unidos.
Em plena Lei Seca, a “Cidade dos Motores” experimenta seus dias de glória, até que eclodem os protestos da população negra, em julho de 1967, que obrigam a família a se mudar para Michigan. Nesta altura, Callie é uma menina de doze anos. Para entender o que a tornou tão diferente das outras meninas, Calíope precisa investigar segredos de família e a espantosa história de uma mutação genética que atravessa as décadas e a transformará em Cal, um dos mais audaciosos narradores da ficção contemporânea. sofisticado, recheado de referências literárias, e ao mesmo tempo envolvente,Middlesex é uma reinvenção do épico americano, que alia as tradicionais sagas familiares à mais virtuosa narrativa pós-moderna. Um romance intergeracional e intersexual, vencedor do Pulitzer em 2003.”

Tem resenha aqui na Pólen e você pode comprar aqui

Indicado por: Ariel Carvalho

 

“Amora”, Natália Polesso:

Sinopse: “Seria pouco dizer que os contos de Amora versam sobre relações homossexuais entre mulheres. Também estão aqui o maravilhamento, o estupor e o medo das descobertas. O encontro consigo mesmo, sobretudo quando ele ocorre fora dos padrões, pode trazer desafios ou tornar impossível seguir sem transformação. É necessário avançar, explorar o desconhecido, desestabilizar as estruturas para chegar, enfim, ao sossego de quem vive com honestidade.”

Indicado por Ana. Compre aqui.

 

“Estamos Bem”, Nina Lacour:

Sinopse: “Marin deixou tudo para trás. A casa de seu avô, o sol da Califórnia, o corpo de Mabel e o último verão agora são fantasmas que ela não quer revisitar. O retrato de uma história em que já não se reconhece mais. Ninguém nunca soube o motivo de sua partida. Nada se sabe sobre a verdade devastadora que destruiu sua vida.

Agora, ela vive em um alojamento vazio e está sozinha no inverno de Nova York. Marin está à espera da visita de sua melhor amiga e do inevitável confronto com o passado. As palavras que nunca foram ditas finalmente se farão presentes para tirá-la das profundezas de sua solidão.”

Leia resenha no Eu leio livros e compre aqui

Indicado por May Sigwalt

 

“Todos nós adorávamos caubóis”, Carol Bensimon:

Sinopse: “Cora e Julia não se falam há alguns anos. A intensa relação do tempo da faculdade acabou de uma maneira estranha, com a partida repentina de Julia para Montreal. Cora, pouco depois, matricula-se em um curso de moda em Paris. Em uma noite de inverno do hemisfério norte, as duas retomam contato e decidem se reencontrar em sua terra natal, o extremo sul do Brasil, para enfim realizarem uma viagem de carro há muito planejada. Nas colônias italianas da serra, na paisagem desolada do pampa, em uma cidade-fantasma no coração do Rio Grande do Sul, o convívio das duas garotas vai se enredando a seu passado em comum e seus conflitos particulares: enquanto Cora precisa lidar com o fato de que seu pai, casado com uma mulher muito mais jovem, vai ter um segundo filho, Julia anda às voltas com um ex-namorado americano e um trauma de infância.”

Leia resenha na Ambrosia e compre aqui

Indicado por @ok_again

 

Bônus: livros da Cassandra Clare

Muitas, mas muita gente, falou que os livros da Cassandra Clare têm bons personagens LGBT. Mas já que são muitos livros, ao invés de listar um só, vamos incentivar vocês a irem no Skoob ou no Goodreads escolher o que mais anima vocês.

Boa leitura!

Compartilhe:

Sobre Lorena Pimentel

Paulistana que preferia ter mar, entusiasta do entusiasmo, Grifinória com medo de cachorros, defensora de orelhas pra marcar livros, não gosta de açúcar, colecionadora de instagrams com fotos de bebês, oversharer no twitter (@lorebpv) e uma eterna vontade de ter nascido Rory Gilmore.