Arte: Luísa Granato Ter medo do escuro é ter medo daquilo que nós não vemos. Quando você é criança, pode ser o nervosismo em relação a monstros esquisitos e que vão puxar seu pé para baixo da cama, mas na vida adulta os monstros são outros. Quando não vemos, existe […]

Agora nós vemos – Editorial #35


Texto: Maria Raquel Silva // Arte: Gabriela Schirmer A casa em que moro é antiga. Do tipo assoalho de madeira corrido de ponta a ponta do cômodo, afundando em alguns locais. Área na frente e porta de madeira pesada com postigo. Vazamentos de cano constantes e reformas intermináveis. Um quartinho […]

O Fantasma da Minha Casa


Texto: Isabel Moraes Assim como qualquer outro serviço médico, o diagnóstico de uma doença mental é um privilégio – um privilégio doloroso, mas um privilégio. Ter acesso aos serviços de um psiquiatra ou psicólogo não é difícil apenas por motivos financeiros (embora esta seja uma problemática central) mas também por […]

O doloroso processo de um diagnóstico



Texto: Sofia Soter O tema da Pólen de setembro é “invisível” e setembro é também o mês da visibilidade bissexual. No que diz respeito à representação de personagens bissexuais na ficção, nós vemos alguns padrões que se repetem, e que reproduzem percepções comuns (e errôneas/preconceituosas) sobre bissexuais: a fetichização de […]

A multiplicidade necessária de personagens bissexuais


Texto: Lorena Pimentel // Foto: Luísa Granato Pensando na importância – ainda mais no momento em que vivemos, que (ainda) normaliza opressões – de trazer cada vez mais leituras com temática LGBT+, tanto para nós quanto para nossos leitores, perguntamos no twitter quais livros tinham representações legais da temática. Nossos […]

20 livros LGBT+ para colocar na estante


Não sou crítica do Pitchfork e nunca tive nenhum tipo de educação musical, mas sou fã de muitas coisas e, entre elas, do Broken Social Scene. O BSS é um supergrupo canadense que foi levemente revolucionário para o cenário indie, sendo responsável por lançar artistas como a Feist e o […]

Quase em casa, uma crítica de Hug Of Thunder



“Vocação” é uma palavra um pouco forte, principalmente quando tratamos de escrita. Meus primeiros “gurus” neste aspecto foram Neil Gaiman e Stephen King, dois grandes defensores da necessidade da prática constante do ato de escrever para a melhora – de acordo com este primeiro, inclusive, não existe nada como um […]

“Romancista como vocação”, de Haruki Murakami


Arte: Raquel Thomé // Texto: Marília Moreno Eu sou a sombra do que me ensinaram. E esse conteúdo nunca foi bom. Nunca estive dentro do chamado satisfatório. Cresci literalmente tentando me encaixar nas roupas, nos gestos, na língua e nos sapatos. Fui moldada a ser disforme. Incompleta. E por minha […]

A sombra que me ensinaram


Oito meses se passaram desde as aventuras de Amani em A rebelde do deserto e a mensagem da rebelião está se propagando. A fama da Bandida de Olhos Azuis também está se espalhando pelo deserto e este lado de Amani é quase uma lenda, ainda que algumas histórias sejam mentiras. E ainda […]

“A traidora do trono”, Alwyn Hamilton



Arte: Marília Pagotto O que você faria se fosse invisível? Na ficção, a invisibilidade é rara e invejável, dada a super-heróis em acidentes espaciais, ou passada a um “escolhido” por meio de um conveniente objeto mágico, e sempre promete grandes possibilidades e aventuras. Na vida real, lutamos pela visibilidade. Nas […]

Invisível – Editorial #34


Texto: Marília Moreno // Ilustração: Raquel Thomé Quem aqui sabe como viver sem criar expectativas? Difícil. Eu mesma vivo tentando me controlar. A expectativa está muito colada ao desejo, o que torna sua compreensão bem mais complexa. O problema maior da expectativa é que ela gera dor. Muita dor. Nós […]

Alimentando expectativas


    Sempre fui fascinada pelo livro de receitas de minha mãe. Minha paixão pela literatura – ou mais especificamente pelos livros – transcende minha incompetência culinária. Já tentei várias receitas ali presentes. Algumas deram certo, mas a maioria acabou saindo extremamente errado. Não que isso me impeça de continuar […]

Herança de Família



Texto: Ariel Carvalho Quando se é vegetariano ou vegano, uma das perguntas mais comuns que fazem é: “por que você parou de comer carne?” A verdade é que não sei bem como responder essa pergunta, e nem sei em que momento decidi não comer mais. O que lembro é que, […]

Sobre ser vegetariana


Texto: Lara Matos // Arte: Gabriela Amorim Tem umas comidinhas que aparecem nos livros que têm um apelo especial. Nessa primeira parte, vou passar algumas receitas salgadas, com alguns truques, comentários e adaptações para deixar mais fácil a empreitada na cozinha. As receitas daqui foram compiladas de livros que eu […]

Das páginas para a cozinha


Texto: Maynnara Jorge Fera é uma releitura do clássico “A Bela e a Fera”, mas o que difere essa versão é que a Bela neste caso é uma menina transgênero chamada Jamie. A história é narrada pela visão de Dylan, um garoto de 15 anos que se vê como um […]

Fera – Brie Spangler



Texto: Amanda Ariela Panqueca, ovos mexidos, ovos fritos, torrada de queijo derretido, torta de maçã, torta de ruibarbo, salada, bolo com glacê rosa, bacon frito e arsênico. São esses os ingredientes que Constance Blackwood usa para cozinhar em “Sempre Viveremos no Castelo”, livro de Shirley Jackson, publicado no Brasil pela […]

Alimentando-se de veneno


Arte: Bianca Albino // Texto: Sandra de Cássia Por vezes é preciso ruir para se descobrir. Quando lutamos para quebrar paradigmas e tradições, o preço da liberdade pode ser alto. O conforto do que é conhecido nos limita e romper com esse conforto e com o hábito, sair do caminho […]

Hábitos e rupturas


Texto: Lorena Pimentel // Foto: Catherine Addington Então, para o mês de agosto, nós resolvemos fazer o VEDA. VEDA, para quem não sabe, é a sigla “Vlog Every Day in April/August”, movimento que já existe há muitos anos no youtube (existe, também, o BEDA, versão em texto) e consiste basicamente […]

Sobre conteúdo: uma reflexão no meio do VEDA



Texto: Larissa Siriani Eu nunca tive uma relação saudável com a comida. Desde que me lembro por gente, comer é um desespero ou uma salvação. O pior ou o melhor momento do dia. Oito ou oitenta. Quando eu era pequena, me recusava a comer. Trancava a boca e negava tudo […]

Um prato meio cheio


Arte: Dora Leroy A receita é simples, mas toma tempo. Primeiro, é preciso de silêncio. Levante antes de todos na casa. Antes mesmo do sol. É preciso que você sinta que está fazendo algo secreto nas horas que parecem não existir. Separe 1/4 de xícara de lavanda e esfregue com […]

Receita para sustentar a ternura – Editorial #33


Quem não tem um álbum favorito, não é mesmo? Seja de pop punk, emo, funk, indie… Tudo vale se a música falar com você. Esse mês, nós da Pólen escolhemos nossos álbuns favoritos. Não foi fácil, e com certeza alguém vai se arrepender por ter escolhido um e não outro […]

6 álbuns que nós amamos



Texto: Bruna Romão Desde muito pequena, sempre tive mais amigas do que amigos. Não que alguma vez na vida eu tenha sido uma pessoa popular e cheia das amizades. Mas, entre as  minhas (poucas) amizades, as meninas sempre foram maioria.   Quando a gente é criança, isso até que é […]

Quais são minhas amizades favoritas e porque são as femininas ...


Qual a semelhança entre uma mulher de 25 anos do Rio de Janeiro no século XIX e um grupo de meninos de 14 de Budapeste no fim do século XIX? A falta de uma resposta clara para essa pergunta talvez tenha uma relação forte com o fato de eu ter […]

Uma saga de dificuldade e reconhecimento com Os Meninos da ...


Com um pé no chão, eu e minha irmã inclinávamos o tronco para frente, tentando deixá-lo paralelo ao chão, abríamos os braços e esticávamos a outra perna para trás o mais alto possível. Essa brincadeira de tentar fazer a postura de avião era nosso costume durante os replays e intervalos […]

Uma história sobre o gelo



Texto: Ariel Carvalho Vocês lembram da Julie Andrews, em A Noviça Rebelde, cantando sobre como era importante, nos momentos difíceis, lembrar de suas coisas favoritas? Às vezes, não precisamos nem que o cachorro morda ou que uma abelha nos ferroe: a famigerada bad bate e nos sentimos mal. Eis que […]

Livros de conforto


Texto e foto: Analu Bussular Deixa eu contar uma coisa pra vocês. Dificilmente me atraio por um livro só de olhar a capa, mas a verdade é que caio facinho nas mãos de um título bonito ou provocante. Sou uma grande namoradora de títulos. Não foi diferente com A Insustentável […]

A insustentável leveza do ser – Milan Kundera


Texto: Odhara Caroline Eu penso muito sobre sentimentos e uma coisa que concluí dia desses é que descaso e ódio estão na mesma trilha da falta de amor. Pro primeiro se transformar no último, basta um escorregão — ou então um olhar-mais-de-perto.  Talvez seja por isso que eu acho tão […]

O seu corpo favorito precisa ser o seu



Texto: Tammy Moraes Quando eu era criança, meu maior desejo era mudar de nome. Apesar de meus pais o terem escolhido antes mesmo de eu nascer, não conseguia me acostumar. Sempre precisei repetir e soletrar quando me perguntam, além de ter aguentado as mesmas piadas e apelidos relacionados a ele […]

O filme favorito da minha mãe


Já que o assunto do mês é favoritos, nada mais justo do que falar sobre OTPs. Se você não está familiarizado com a sigla, ela significa “one true pairing”, e se refere àqueles ships que são OS MELHORES SHIPS DO MUNDO!!!! Unindo isso ao Dia do Orgulho LGBT, compilei uma […]

Love is love is love – Os melhores ships LGBTQ+


Texto: Marília Cristina Aos 13 anos, eu tinha uma melhor amiga. Um dia, quando ela foi dormir na minha casa, pedimos pizza e ela me disse que sua preferida era a de calabresa. Outro dia, na casa dela, ela me contou que seu sorvete favorito era o de flocos. Hoje […]

Mais pizza de calabresa e sorvete de flocos, por favor.