Texto: Eduarda Vaz Aqui! Olha! Repara! Para! Um minuto Por nós Por favor      Por nós!   Daqui e daí fiz nascer essa voz Por nós Sei que esquecestes de mim Fiquei diminuto Recluso.   Nossos nós quase desataram.   Então, Só me escuta Só me sinta Fiquemos a sós.   […]

Abraça-nos


Texto: Amanda Tracera // Arte: Bianca Albino O ser humano é um ser social, nós bem sabemos, e ao longo dos anos a comunicação tem sido não só uma das nossas habilidades mais essenciais, mas também uma das mais requisitadas – é importante que saibamos entrar em contato com os […]

Além da voz: a importância da LIBRAS


Arte: Bianca Albino “Isso não pode ser normal”. Ana pensa olhando o celular e confirmando que chegara duas horas mais cedo para o primeiro dia de trabalho, nunca tinha lido um livro ou visto um filme que mostrava uma funcionária de editora chegando ao trabalho sem obstáculos. Era perturbador que […]

Chick Flick



Texto: Maria Raquel Silva São sempre milharais. É ali que começam os primeiros sinais de que alienígenas estão entre nós na ficção. Raramente são plantações de trigo ou grama. O mais comum são milharais. As plantas se curvam, mas não quebram, formando um desenho não natural lá no meio. Esses […]

Aliens e Milharais


Texto: Paloma Engelke // Arte: Bianca Albino Abri a porta com cuidado com medo de alertar os monstros da minha presença. Até agora ainda estávamos vivendo em relativa harmonia – eu andando na ponta dos pés, sempre pisando em ovos, e eles se escondendo nos armários e embaixo dos móveis, […]

Os monstros


Texto: Ariel Carvalho De Martin Freeman com sotaque americanizado a um vilão multifacetado interpretado por Billy Bob Thornton, a primeira temporada de “Fargo” é fantástica não só no quesito história, mas também no quesito elenco. No entanto, a maior surpresa do elenco não é um rosto muito conhecido. Russell Harvard […]

Os sinais de um assassino



// Imagem: "West is everywhere you look", Runo Lagomarsino Sobre a tradução de línguas mortas Línguas “morrem” quando deixam de ter falantes nativos. Embora não mais faladas, os efeitos culturais da linguagem extinta perduram, e é o que nos permite traduzi-las. Uma língua não é apenas o que um povo […]

Caçando fantasmas


Texto: Lorena Pimentel e Luísa Granato // Arte: Gabriela Amorim * MÚSICA TEMA TOCA * LOCUTORA 1/LORENA: Então, acho que uma viviência de mais de dez anos na internet (e isso inclui foruns de fãs, blogs com tema de glitter e as redes sociais atuais) em deram um pouco de perspectiva […]

Sinais – Editorial #29


Texto: Gabriela Oliveira Quando Evelyn Queiróz contorna traços desconexos e preenche as cores que dão vida aos corpos de suas personagens, joga luz às mulheres reais e a percepção que elas têm sobre o seu reflexo no espelho. A criadora da personagem Negahamburguer, uma artista plástica e desenhista de mulheres […]

As mulheres, a arte e a invisibilidade



Texto: Lara Matos // Arte: Gabriela Amorim O vislumbre Uma mulher de pele escura caminhando apressada pelo corredor, que avistei pela primeira vez pelo turbante muito colorido em meio ao aglomerado na estação, sou como um girassol para pessoas que irradiam beleza assim. Tinha a pele marrom avermelhada pelo sol, […]

Milagres comuns


Todo mundo em algum momento precisou de arte. Talvez tenha sido um quadro que te fez suspirar, uma música que dá vontade de fugir para bem longe ou um livro que te faça sentir em casa. A arte evoca sentimentos e podemos usá-la para sentir de novo e de novo. […]

Os heróis do self care na arte – uma lista ...


Texto:Marina Cavalcante // Arte: Zine 'Azul é a cor mais bad', Dora Leroy O que são Liberdade, underground, ligado a movimentos sociais, artes, música, cinema, quadrinhos, ficção científica, ilustração, poesia. Muita coisa cabe num fanzine, ou zine, numa linguagem mais atual e pop. Não é um livro, não é uma […]

(Fan) Zines: um jeito de se comunicar



Texto: Amanda Ariela Eu amo meus cachos. Gosto da personalidade e do caráter que eles dão ao meu rosto. Gosto da moldura que eles me dão quando os deixo soltos e adoro a sensação de tê-los por todo lado, quando estão presos em um rabo de cavalo. A verdade é […]

Aprendendo a amar meus cachos


Ok, é verdade, eu fui uma estudante que odiava ler poemas. Não gostava de saber sobre poetas. Não achava nada bonito e emocionante aquele texto todo desfigurado, que fazia as coisas mais simples parecerem códigos indecifráveis. Fui, também, a pessoa que não quis, por um longo tempo, conhecer a poesia. […]

A poesia é para quê?




Texto: Andressa Lima Se você é de humanas, já deve ter passado pela experiência de projetar uma visão fantasiosa de um sucesso que tarda, tarda e não vem. E, depois de nutrir dúvidas sobre um futuro profissional decente, deve ter soltado em algum momento da sua vida a famigerada frase […]

Da vez em que eu disse que queria ser pintora


Texto: Aline Pires // Arte: Julia Saldanha Só queria mesmo viver da arte Das coisas que a natureza dá Mas que arte era essa Nem sabia explicar   Eram poemas de palavras mudas E desenhos de páginas brancas Da ponta do lápis saiam apenas Mais preocupações francas   Mas amava […]

Artista


Texto: Taissa Reis Eu sempre torci o nariz pra poesia. O que a gente aprende sobre poesia na escola (ou o que eu aprendi, pelo menos) é contar sílabas e que tudo tem uma estrutura fixa, e é quase tudo sobre amor ou morte – às vezes sobre as duas […]

Abrir os olhos e destorcer o nariz



Foi Carrie Fisher que disse “pegue seu coração partido e o transforme em arte”, frase que o Fleetwood Mac levou muito a sério em 1977. Depois de estourarem com seu álbum homônimo de 1975, a banda atravessou uma fase difícil. Por mais que quisessem continuar o sucesso de seu álbum, […]

‘Rumours’ e corações partidos


Texto: Lara Matos , little brown Carel Fabritius pintou um pintassilgo acorrentado a um poleiro rudimentar, mantido cativo por conta do belo canto, para servir de inspiração em sua oficina, em muitos tons de amarelo e marrom em jogo de luz, uma das poucas pinturas do mestre de Vermeer a […]

“O Pintassilgo”: sobre arte e um coração que não se ...


Texto: Lorena Pimentel // Arte: Gabriela Schirmer A primeira – e única – vez em que a escola chamou meus pais para conversar sobre minhas notas foi na aula de artes. Eu devia ter dez ou onze anos e, naquele semestre, tínhamos que usar réguas e esquadros para desenhar perspectivas. […]

Não saber fazer arte



Texto: Analu Bussular Pedro está no final da adolescência, naquele período delicado de terminar a vida escolar e ingressar numa faculdade que ele ainda não conseguiu escolher direito. Ele é um garoto normal, privilegiado, que pode se dar ao direito de ter dúvidas, de perder horas confabulando sobre sua própria […]

“O fazedor de velhos”, Rodrigo Lacerda


Texto: Isabela Moreira Eu achava que a temporada de 2004 de Malhação tinha sido a melhor de todas. Tinha o Cabeção em seu melhor momento, Marjorie Estiano no começo da carreira, uma banda e a história de amor entre o mauricinho e a menina certinha. Era emocionante e diferente de […]

Pontos de partida


Texto: Amanda Tracera Uma das maiores obras da literatura clássica começa com uma invocação ao divino, numa súplica notável para que a deusa permita ao humano, reles humano, contar, através da sua voz, o que ela lhe canta: a história de Aquiles. Por muito tempo, a literatura e a arte […]

Caminho alternativo



Texto: Anna Lívia M. // Foto: "Divina Proportio", Ai Weivei * CENA 1 – INT/DIA – Sala de Aula (ano: 2010) É o primeiro dia de aula na faculdade de Audiovisual. Os alunos sentam numa roda e cada um se apresenta falando seu nome e filme/diretor favorito. Todo mundo imediatamente […]

O Intelectualismo na arte contemporânea


Texto: Mareska Cruz // Arte: Jéssica Ferrara   Eu compro livros pela capa. Desculpa. Na verdade não é só pela capa. Se ele tiver a capa mais bonita do mundo e uma sinopse desinteressante, eu não vou levar. Mas vou lamentar muito. “Poxa, que pena, uma capa tão bonita…”. Se […]

Não julgue um livro pela capa (mas se ela for ...


Texto: Sandra de Cássia // Foto: Governo do Maranhão Em outubro do ano passado, em uma viagem de férias para São Luis no Maranhão, tive uma grata surpresa com a cultura maranhense e suas características bem próprias e encantadoras. Em um dos passeios por ruas, histórias e museus encontrei o […]

Nhozinho, o artesão desconhecido da cultura maranhense



Texto: Ariel Carvalho   “Neil, por que dói quando eu escrevo?”, perguntaram a Neil Gaiman em seu tumblr, há três anos. Ele respondeu: “Ou porque você está fazendo da forma errada, ou porque você está fazendo da forma certa. Depende da dor.” Essa resposta, apesar de curta, é um bom […]

A arte de Neil e Amanda


Texto: Lorena Pimentel e Luísa Granato // Arte: Clara Browne Todo mundo nasce artista. Usando cola e areia, pintando com os dedos, rabiscando com giz nas paredes e colorindo desenhos fora das bordas – de qualquer jeito, em algum momento, você fez arte. Pode ser que nem sua mãe soubesse […]

Com cinco ou seis retas – Editorial #28


Texto e arte: Luísa Granato
Texto e arte: Luísa Granato “Porque você não conversa com elas? Ali, vai fazer algumas amigas. Olha, aquelas meninas têm a mesma idade que você, vocês vão se dar bem…” Esse era o começo de um filme de horror na minha adolescência. A ideia de que eu poderia chegar em […]

Para as garotas que vivem nos cantos